Publicado em: 31/10/2019
Secretaria de Saúde alerta para a prevenção ao mosquito Aedes

A Secretaria Municipal de Saúde através da Vigilância Epidemiológica vem através deste informar que com a chegada das chuvas está intensificando as ações de combate ao mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika vírus, que consiste em ações coordenadas juntamente com os Agentes de Endemias no intuito de conscientizar a população sobre a importância da parceria de todos na luta contra o mosquito Aedes aegypti.


Sabemos que o principal instrumento para combater o mosquito é a prevenção, e prevenir é um dever de todos nós, não somente do Poder Público, mas de toda a sociedade civil a partir da adoção de medidas simples como vistorias semanais para manter o ambiente limpo, impedindo a proliferação do mosquito, combatendo os focos de acúmulo de água parada, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença.


Alertamos que, além das caixas d’água completamente vedadas, a vistoria deve ser em calhas e canaletas, mantendo-as livre de entupimentos evitando o represamento de águas, bem como ralos externos, lajes e eventuais desníveis que possam propiciar o acúmulo de água e conseqüente instalação de criadouros. Lembramos também de toda a limpeza periódica, com capina e remoção de entulhos e lixos, incluindo latas, plásticos e outros objetos e/ou recipientes em geral que possam propiciar o acúmulo de água, permitindo o desenvolvimento de larvas (Lei Municipal nº 3363, de 21 de maio de 2019, Capítulo II, Art.4º).


A Vigilância Epidemiológica solicita a colaboração de todos facilitando o acesso dos Agentes de Combate as Endemias em residências, logradouros e afins. Os Agentes de Combate a Endemias são seus parceiros e facilitadores na eliminação dos possíveis focos identificados na luta contra o mosquito transmissor. A Vigilância Epidemiológica se coloca à disposição para quaisquer esclarecimentos e dúvidas através do telefone 3332-1535.