Publicado em: 30/07/2019
Diretoria de Cultura anuncia Registro dos Corais e Patrimônios Imateriais

A Prefeitura Municipal de São Lourenço através da Diretoria de Cultura e com o apoio do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural, está realizando  o Registro dos Corais e do Centro Cultural Caminho do Artesanato como Patrimônios imateriais do nosso município. Além destes, também está sendo realizado o processo de tombamento do Mercado Municipal da cidade.

Nesta semana, a equipe da Diretoria de Cultura realizou um encontro com os Maestros regentes dos corais do município, idealizadores e integrantes das diretorias, dando início ao processo de registro. "O contato com o universo musical pode transformar significativamente a vida de uma pessoa, seja qual for a sua idade ou condição social. A música pode conectar diretamente o homem, a sociedade e a cultura. Sobre a importância sociocultural do canto coral podemos afirmar que a música, concebida como função social, é inalienável a toda organização humana, a todo agrupamento social, com significativa relação interpessoal. Tal perspectiva demonstra o desenvolvimento de uma educação musical abrangente, na qual o trabalho transcende o aspecto da aprendizagem , gerando sentimento de pertencimento , valor social e cultural além da saúde do corpo e da mente.", destacou a Diretora Paula Alves Neto.

A reunião foi realizada pela Cultura,  junto a Historiadora do município e contou com a presença da Presidente da Sociedade Musical Antônio de Lorenzo e representante do Conselho do Patrimônio, o Maestro do Coral Vozes da Cela e do Coral Bach, o Diretor Social do Coral Bach, a Idealizadora e Diretora do Coral por Amor, e o Maestro do Coral Sol Maior.

"O canto coletivo, com seu poder de socialização, predispõe e indivíduo a perder no momento necessário a noção egoísta da individualidade excessiva, integrando-o na comunidade, valorizando no seu espírito a ideia da necessidade de renúncia e da disciplina ante os imperativos da coletividade social, favorecendo, em suma, essa noção de solidariedade humana, que requer da criatura uma participação anônima na construção das grandes nacionalidades." VILLA-LOBOS