Publicado em: 02/08/2019
Prefeitura e Paróquia São Lourenço Mártir inauguram imagem do Padroeiro

No dia 01 de agosto, a Prefeitura junto com a Paróquia São Lourenço Mártir, realizou a inauguração da imagem do padroeiro da cidade, São Lourenço Mártir, que desde então, se encontra instalada na entrada do Paço Municipal.

A imagem foi doada ao município, pela Paróquia São Lourenço Mártir, por intermédio Cônego Bruno César Dias Graciano, Pároco desta Paróquia e Reitor da Basílica de São Lourenço. Ela foi fabricada em resina, pelos artistas Wellington Euclides Vale e Valdete de Freitas Vale, de Santa Cruz de Minas – MG.

O local da escolha para a instalação da imagem, se deve ao fato dela estar de frente para a Ermida Bom Jesus do Monte, a primeira igreja da cidade, localizada dentro do Parque das Águas, a maior riqueza natural do município.

A cerimônia contou com a presença do convidado especial, o Cardeal Dom Orani João Tempesta, Cardeal brasileiro, Arcebispo do Rio de Janeiro, que realizou a benção da imagem do Padroeiro. O Cardeal também recebeu uma homenagem de agradecimento da Prefeita Municipal Célia Cavalcanti, junto com o Cônego Bruno César Dias Graciano.

Durante a cerimônia, a Secretária de Turismo, Joana Coelho, junto com o Coordenador Operacional de Turismo e Eventos, Edimilson Silva, entregaram ao Cardeal e ao Cônego um convite especial para participarem do lançamento da Rota de Nhá Chica - Caminho das Virtudes, que acontecerá no dia 22 de agosto em Baependi. Trata-se de uma rota turística de fé que liga Tiradentes à São Lourenço, onde cada cidade representa uma das virtudes de Nhá Chica.

A Sociedade Musical Antônio de Lorenzo, gentilmente, se apresentou, abrilhantando a cerimônia e enaltecendo ainda mais a nossa Cultura local. Logo após, as autoridades e o público presente, seguiram em procissão até a Basílica Menor São Lourenço Mártir, para dar início à primeira Missa da novena.

 

O Padroeiro

São Lourenço é o padroeiro de nossa cidade, não só por ser o Santo de devoção da família que comprou as terras do Parque das Águas, de onde deu início a cidade, mas também em memória ao tenente coronel Lourenço Xavier da Veiga, pai dos fundadores da cidade.

São Lourenço viveu no século III e serviu a Deus na Igreja de Roma. Intercedendo por todos os cristãos, ele acabou morrendo mártir em 258. Ele foi um dos primeiros diáconos da Igreja – e tão fiel e convicto na fé que nem sequer os açoites e as chamas com que foi torturado e martirizado puderam afastá-lo de Cristo. Seu culto era tão importante que, depois de São Pedro e São Paulo, a festa de São Lourenço chegou a ser a maior da antiga liturgia romana.