Publicado em: 05/06/2019
A empresa Konig é nacional e escolheu São Lourenço para sua instalação devido a localização estratégica para escoamento de sua produção

Na última quarta-feira (29), a Prefeitura de São Lourenço assinou um Protocolo de Intenções com a empresa Konig Automação, que será a primeira fábrica de robôs colaborativos do Estado de Minas Gerais. Será um investimento total previsto na ordem de R$ 19 milhões em quatro etapas, sendo que na primeira etapa para os dois primeiros anos, serão R$ 9 milhões com geração de 200 novos postos de trabalhos diretos e mais 50 indiretos, chegando a 200 indiretos na totalidade dos investimentos.

                A empresa Konig é nacional e escolheu São Lourenço para sua instalação devido a localização estratégica para escoamento de sua produção, pelo apoio e plano de desenvolvimento econômico apresentado pela Poder Executivo focado na área de tecnologia para criar um ecossistema de negócios em torno do novo empreendimento. Um fator facilitador foi a articulação realizada pela Secretaria de Indústria, Comércio, Agricultura e Desenvolvimento Econômico, juntos aos órgãos de fomento do Estado, e o trâmite interno no município. Outro aspecto relevante, de acordo com os empresários, é a qualidade de vida da cidade, juntamente com a segurança, meios de hospedagens e por ser uma cidade pólo no Circuito das Águas, onde agregará muito ao desenvolvimento econômico local e regional e facilitará grandes parcerias.

                A Konig iniciará suas atividades em 2019 com locação dos Robôs Colaborativos, através de seu parceiro chinês, onde os Robôs serão montados em São Lourenço. Com transferência de tecnologia chinesa, a previsão para o inicio da fabricação dos robôs colaborativos acontecerá em dois anos. Dentro das atividades da empresa, estão previstos um centro de treinamento e capacitação, centro de desenvolvimento manutenção e reposição, central nacional de distribuição. De acordo com o Secretário da SICADE Marcelo Mendes, a empresa Konig, com apoio da Prefeitura deverá formar parcerias com Universidades, iniciativa privada, startups, incubadoras de empresas e aceleradoras.

Ainda de acordo com o Secretário, serão movimentados vários setores da economia local e como parte do plano de desenvolvimento para o setor de tecnologia, além das parcerias e apoios as startups e incubadoras de empresas de base tecnológica, há uma grande pré-disposição da prefeitura em apoiar novos negócios para a atração de empresas ligadas ao setor.

Para a Prefeita Célia Cavalcanti, que assinou o Protocolo de Intenções com a empresa Konig junto com os sócios Marcelo Mello e Windson Luiz da Silva Júnior, para que esse desenvolvimento tecnológico aconteça, a prefeitura pretende criar programas, capacitações, encontro de negócios para startups, e incentivos para identificar e apoiar startups dentro de São Lourenço e região. Temos condições de auxiliar no desenvolvimento tecnológico do município, criando ambiente propício para novos negócios, com incentivos fiscais, boas parcerias com faculdades, com o Governo do Estado e iniciativa privada”, ressaltou.

Os Vereadores Paulo Gilson Chopinho e Waldinei Alves também participaram da apresentação da empresa e da assinatura do Protocolo.

O Robô Colaborativo

                O robô colaborativo é um robô que pode trabalhar ao lado dos seres humanos em total segurança, diferentemente dos robôs industriais convencionais, que necessitam de isolamento. Eles são a solução ideal para operações repetitivas em pequenos espaços e para aumentar a produtividade de atividades que precisam ser desempenhadas com seres humanos.

Capazes de interagir com seres humanos no chão de fábrica, os robôs colaborativos devem se tornar protagonistas na automação da indústria brasileira. Se a robótica no setor deve evoluir 33% anuais no País até 2020, a expectativa para os chamados cobots é de alta de 71% ao ano até 2021.