Publicado em: 03/05/2019
A caminhada religiosa, que já é reconhecida nacionalmente, iniciou-se às 23h do dia 30 de abril, com a tradicional benção para os peregrinos

Aconteceu dia 1 de maio, a 21ª edição da Peregrinação de Nhá Chica. A caminhada religiosa, que já é reconhecida nacionalmente, iniciou-se às 23h do dia 30 de abril, com a tradicional benção para os peregrinos na Igreja Matriz de São Lourenço, realizada pelo Cônego Bruno César Graciano.

São 33 Km de jornada de fé e devoção até a Igreja de Nhá Chica, na cidade de Baependi, onde foram realizadas missas durante todo o dia.

Mais de 3.500 devotos e peregrinos aproveitaram da caminhada deste ano de 2019, realizada pela Diretoria de Cultura, e contaram com importantes auxílios da Secretaria de Turismo de São Lourenço, do Tiro de Guerra de São Lourenço, de estudantes de enfermagem, das Prefeituras de Soledade de Minas, Caxambu e Baependi, num total de mais de cem voluntários envolvidos. Setores da iniciativa privada de São Lourenço também prestaram importante apoio. A Peregrinação de Nhá Chica marca o feriado do dia 1 de maio, como data permanente do encontro entre Religiosidade, Cultura e Fé no calendário de São Lourenço e região.

A importância e a grande repercussão deste evento, justificou seu merecido registro como um Patrimônio Imaterial do Município de São Lourenço, através dos trabalhos do Conselho Municipal do Patrimônio, da historiadora Maria Aparecida e da Paula Alves Netto, Diretora de Cultura, que contaram com o apoio e o pronto respaldo da Prefeita Célia Cavalcanti, numa atitude que abraçou e respeitou, em âmbito legal, o acolhimento da população para com esta peregrinação.